As eleições mais judicializadas da história

As eleições mais judicializadas da história
Márlon Reis Márlon Reis
17/08/2016 11:14:12 hs

As eleições municipais de 2016 serão marcadas por novidades ainda não devidamente compreendidas.

 

Estão proibidas as doações empresariais, que correspondiam a cerca de 90% do dinheiro disponível nas últimas campanhas. A Operação Lava Jato colaborou para colocar sob suspeita o real interesse das corporações que figuravam como grandes doadoras de campanha.

 

Além disso, teremos as seguintes novidades: a responsabilidade pessoal dos candidatos pelo conteúdo das contas de campanha; a transparência do processo de arrecadação, com a publicação contínua dos valores obtidos durante as eleições; e a fixação de limites para os gastos eleitorais.

 

O meio político compreendeu o significado das mensagens contidas na lei mais rápido que a sociedade. Enquanto muitos reclamam da corrupção desenfreada, partidos e candidatos já perceberam que a campanha que se avizinha estará desprovida dos fundos a que o meio político estava acostumado.

 

Empresas que figuravam entre os grandes doadores agora simplesmente se recusam a bancar candidaturas. Quem se atreveria a manter essa conduta agora que a lei expressamente a condena?

 

O resultado é que teremos campanhas muito mais baratas que as anteriores.

 

Como o valor arrecadado pelos candidatos deverá ser continuamente atualizado na internet, os eleitores, a imprensa, o Ministério Público e especialmente os adversários poderão confrontar a arrecadação anunciada com as características reais da campanha. Será bem mais fácil que antes identificar casos grosseiros de prática do denominado “caixa 2”, o que gerará um mar de ações judiciais.

 

Estão começando, sem dúvida, as eleições mais judicializadas da história.  

Leia também

Como identificar e combater o caixa 2 nas campanhas

Como identificar e combater o caixa 2 nas campanhas
As eleições municipais de 2016 transcorrerão sob um marco regulatório inovador no tocante ao financiamento das campanhas eleitorais.   São muitas as novidades. A mais chamativa e relevante é a proibição das doações empresariais. Trata-se de uma possibilidade que...

O que esperar das eleições em 2016

O que esperar das eleições em 2016
A corrida eleitoral que se aproxima será marcada por muitas inovações. Candidatos e partidos precisam estar preparados para o que vem por aí. E os eleitores também.   Em primeiro lugar, teremos uma campanha completamente diferente. De saída tivemos uma grande diminuição do tempo na...

De Chegada

De Chegada
A partir de hoje terei a honra de ocupar este espaço na Revista 100 Fronteiras. Quero lhe falar um pouco sobre a minha trajetória para explicar o ambiente reflexivo em que estive envolvido nas últimas duas décadas.   Sou juiz de direito no Maranhão, lugar onde aprendi a observar a realidade ao residir...